Uepa participa de Encontro sobre educação musical em Canoas

 

 

O Projeto Trilhos Sonoros, fruto da parceria entre a Universidade do Estado do Pará, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul e Grupo de Educadores Musicais de Canoas, realiza durante esta quinta-feira (28) e amanhã (29) o 1º Encontro de Educadores Musicais de Canoas. O evento que reúne educadores musicais, docentes do ensino fundamental, representantes da Secretaria de Educação e do poder legislativo de Canoas debate a Articulação de Ações para o Fortalecimento da Educação Musical nas escolas - de Norte a Sul. As inscrições são gratuitas e a participação é certificada.

O Encontro foi iniciado com uma apresentação do Grupo Musical Infantil Florescer, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Governador Walter Peracchi de Barcellos. O evento, que busca refletir sobre a implementação da música no currículo escolar, por meio da lei federal 11.769/08, contou com uma palestra de abertura conduzida por Cristina Rolim Wolffenbüttel, educadora musical e representante regional da Associação Brasileira de Educação Musical (Abem). 

E, em seguida, houve uma mesa redonda com intercâmbio de informações e ideias entre os participantes do evento sobre as alternativas para a implementação da música nas escolas municipais de Canoas.

Além disso, na tarde deste sexta-feira e no sábado, o professor da Universidade do Estado do Pará, pianista e compositor paraense Urubatan Castro  realizará a execução de um repertório musical composto por peças como Imagens Amazônicas; Velha Canoa; Picula; Parangolé; Estripulia; Dia Chuvoso; Passeio Matinal; Caminho Serelepe; Curupira; Prelúdio Vitoria Regia; Mãe D’água; Onça Tapiauara; entre outras. Os professores Augusto Souto e Urubatan Castro, representantes da Uepa no evento, apresentam ainda um panorama da educação Musical em Belém do Pará.

Para o professor e doutor Augusto Souto, a Uepa expande sua ação para além fronteiras do estado e consolida-se como uma das grandes formadoras de profissionais dedicados à música. “A Uepa, por meio do curso de Licenciatura em Música, tem um papel decisivo na construção de Políticas Públicas para a efetiva implementação da música na escola. Com seus 30 anos de existência, o curso tem preparado educadores musicais com uma formação de excelência e engajada socialmente.”, declarou o professor. E complementa: “Isso é resultado do investimento feito pela Uepa no seu corpo docente que, ao se inserir em programas de pós-graduação, têm desenvolvido pesquisas com grande potencial social”.

 
Texto: Wesley Lima/ Ascom CCSE.