Boas Festas

 
Com a proximidade do final do ano, uma palavra me vem à cabeça: reflexão. Colocar na balança nossos erros e acertos e ver o que podemos evoluir a partir daí é uma das principais ações a se fazer. Também é tempo de confraternização e agradecimento. Natal faz a gente se sentir mais solidário, amigo e cristão. Mas é ao longo de todos os dias do próximo ano que mostramos ao outro nosso verdadeiro espírito de amizade, compreensão e mudança. 
 
Esta, aliás, é uma boa decisão para 2016: vamos fazer algo diferente do que fizemos no ano anterior. Este ano certamente cobrará de nós muitas decisões importantes no campo político e pessoal. Nunca nos sentiremos preparados para tantas decisões. Mas precisamos ter coragem de decidir e de enfrentar as consequências das nossas escolhas. 
 
E acima de tudo coragem para mudar. Mudar é sempre amedrontador, mas todos precisamos de renovação, afinal os humanos só existem ainda pela sua capacidade de mudar e se adaptar, e o mundo só nos abriga porque foi transformado para nos permitir viver. Nosso amadurecimento resulta no amadurecimento da sociedade e das instituições. O Brasil será tão bom quanto forem bons os brasileiros. A UEPA será tão boa quanto forem bons seus gestores, professores, servidores e estudantes.
 
Em 2016 vamos assumir o compromisso, como fazemos em todo inicio de ano, de fazer um ano melhor para nossas famílias, para nossos colegas de trabalho, para nosso Estado e nosso País. 
 
Boas Festas,
 
Saudações acadêmicas
 
Juarez Antonio Simões Quaresma