Campus III abre inscrições para modalidades esportivas à comunidade externa

 
Matrícula nas atividades físicas ou esportivas atraiu a população nesta terça-feira (11)

A Universidade do Estado do Pará (Uepa) abriu inscrições para prática de atividades físicas e esportivas no Campus III, onde funciona a Escola de Educação Física, em Belém. As vagas são para crianças a partir dos oito anos de idade, adolescentes, adultos e idosos. Para se inscrever é necessário ir ao Núcleo de Extensão do Curso de Educação Física (Nuex) da Universidade, no bairro do Marco, das 8h às 17h, fazer a escolha da modalidade desejada e apresentar o RG, CPF, duas fotos 3x4, comprovante de residência e carteira de vacinação das doses contra Covid-19 aplicadas. Pessoas acima de 60 anos devem apresentar atestado médico do cardiologista. Quem optar por natação deve também apresentar um atestado dermatológico.

As atividades de dança moderna, ginástica funcional e condicionamento físico, futsal, basquete, vôlei, natação e hidroginástica têm mensalidade e o interessado pode escolher se quer fazer duas (R$20) ou três vezes (R$30) por semana. Já para o formato gratuito, as modalidades são as seguintes: saltos ornamentais, tênis de quadra, ginástica artística, futebol de campo, ginástica rítmica, musculação para deficientes visuais, musculação para cardiopatas, natação adaptada, karatê, judô, futsal e basquete. Para ambos os formatos de matrículas há um limite, aproximadamente, de 15 vagas para atividades individuais e 20 vagas para esportes coletivos.

Segundo o coordenador do Campus III e do curso de Educação Física, Smayk Sousa, a oferta de atividades físicas e dos esportes foi impedida pela pandemia de Covid-19, porém com o avanço da vacinação foi possível pensar estratégias para retornar com as modalidades esportivas para o público externo. “Esse retorno das atividades vem depois de um caos que sobrevivemos com a pandemia e apesar de ela não ter se dissipado ainda, com a vacinação da população nós iremos seguir todos os protocolos de segurança e assumir todos os cuidados, buscando amenizar a situação com a higienização das mãos e uso de máscara. Desta forma, a gente retoma as atividades esportivas e físicas à comunidade externa cheios de expectativas, afinal uma universidade não vive sem a comunidade e sem os alunos. Então, a gente volta a trazer vida ao campus com essa retomada”, afirmou.

O objetivo da ação é oferecer bem-estar e qualidade de vida à comunidade externa da Uepa que tenha interesse em fazer um esporte coletivo ou individual, com o intuito de prevenir doenças, evitar o sedentarismo e assumir uma vida ativa, a partir da manutenção da capacidade funcional e da conservação dos sistemas fisiológico e muscular.

Para o coordenador do Núcleo de Pesquisa, Extensão e Pós-graduação (Nupep) da Uepa, Alexandre Maia, o retorno das atividades físicas e esportivas era uma vontade que existia desde 2019, porém com a pandemia e a parada de todas as atividades da Universidade não foi possível. “A volta deste projeto é muito importante para a população da cidade de Belém e para a Escola de Educação Física, pois os discentes participam junto com os docentes, sendo assim, muitos projetos de pesquisa científica nascem deste contato entre a comunidade acadêmica com a comunidade belenense. É de grande relevância para nós o retorno do projeto de atividades físicas e esportivas para o público externo”, comentou.

Para a aposentada Iracema Ferreira, que foi matricular a neta Isabela Ferreira na modalidade de natação, a retomada das atividades físicas era aguardada pela família, pois ela sempre levou a pequena para fazer diversos esportes na Uepa. “Ficamos muito felizes quando soubemos que iria retomar as matrículas para os esportes na Escola de Educação Física, pois da última vez a Isabela fez balé e agora iremos para a natação e futuramente para outra atividade. Por isso espero que a Uepa sempre abra com regularidade esse projeto para a população”, ponderou.

Texto: Daniel Leite (Ascom Uepa)

Fotos: Daniel Leite (Ascom Uepa) e Nailana Thiely