Inscrições abertas para turma 2022 do Doutorado em Ciências Ambientais

 
Resíduos Sólidos, Líquidos e Gasosos, Logística Reversa, Economia Circular e Economia Ecológica é uma das áreas de interesse do PPGCA.
 
Aberto a candidatos que possuam mestrado em qualquer área do conhecimento, o processo seletivo para o curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientas (PPGCA), da Universidade do Estado do Pará (Uepa), recebe inscrições, exclusivamente on-line, até o dia 14 de janeiro de 2022. No ato de inscrição, além de preencher o formulário, o candidato deverá inserir no sistema todos os documentos solicitados, como um artigo publicado em revista Qualis Capes 2013-2016, na área interdisciplinar, nos extratos de A1 a B3; o projeto de pesquisa e o currículo lattes comprovado, do período de 2017 a 2021.
 
Para a turma de doutorado 2022 do PPGCA são ofertadas 18 vagas, distribuídas entre 11 orientadores que constituem o quadro de docentes permanentes do Programa. No Quadro 1, disponível no edital, os candidatos podem observar o número de orientandos por professor. O processo de seleção consta de três etapas eliminatória: análise do currículo lattes, defesa do projeto de pesquisa e entrevista.
 
O coordenador do PPGCA, professor Altem Nascimento Pontes, dá uma dica sobre o que se espera dos projetos apresentados. "O candidato deve elaborar um projeto que relacione aspectos ambientais com questões sociais, econômicas, culturais, dentro das áreas de interesse descritas no edital. Enfim, precisa estar motivado e ter interesse de desenvolver estudos avançados, que possam, inclusive, deixar um legado para a região amazônica", orienta professor Altem.   
 
Por estar inserido em campo interdisciplinar, o PPG possui duas linhas de pesquisa relacionadas a áreas de interesse diversas. Na linha denominda Meio Ambiente e Sustentabilidade, por exemplo, podem ser realizadas pesquisas alinhadas a temas como Educação Ambiental, Sociedade, Natureza, Território e Sustentabilidade, Saúde Pública, Biotecnologia Aplicada ao Desenvolvimento Sustentável, entre outros. 
 
Já a linha Estudos de Ecossistemas Amazônicos possui entre os eixos temáticos, Qualidade, Manejo e Conservação de Recusros Hídricos; Caracterização de Ecossistemas, Biodiversidade, Gestão, Manejo e Conservação de Recursos Naturais, além de outras três áreas de interesse.
 
Sobre as linhas de pesquisa, professor Altem Pontes esclarece que elas possuem um papel norteador, mas que no processo de seleção em si, os candidatos não são selecionados por linha. Nesse sentido, ele afirma que o perfil esperado pelo programa é de pessoas que sejam flexíveis para transitar pelas disciplinas. "Como futuro cientista ambiental, o doutorando precisa saber dialogar com seus pares, com docentes e com a comunidade, para vencer a complexidade dos problemas ambientais e suas interfaces. 
 
De acordo com o cronograma de seleção, a previsão é que o resultado seja divulgado no dia 18 de fevereiro de 2022 e as aulas iniciem no dia 7 de março, após o acolhimento da nova turma, que está programado para o dia 4 de março.
 
 
Texto: Guaciara Freitas (Ascom Uepa)

Foto: Nailana Thiely (Ascom Uepa)