Enfermagem promove Seminário de Avaliação em Curuçá

 
Sala montada para aulas das turmas de Enfermagem da Uepa, por meio do Forma Pará

O Curso de Enfermagem da Universidade do Estado do Pará (Uepa) promoveu neste mês de julho, por meio do Programa Forma Pará, o Seminário de Avaliação e Planejamento do Curso de Graduação em Enfermagem, no município de Curuçá.

Segundo a coordenadora do curso de Enfermagem da Uepa, Margarete Bittencourt, o evento teve o objetivo de acompanhar todas as turmas de Enfermagem espalhadas pelo Estado. “Mediante o pensamento de que avaliar e planejar é preciso, a graduação em Enfermagem busca acompanhar de perto todo o desenvolvimento de suas salas de aulas, mesmo que estejam à distância, demonstrando dessa forma que todos somos Uepa, e os alunos que ingressaram por meio do Programa Forma Pará estão contemplados nesse nosso jeito de administrar”, afirmou.

Durante o evento, a coordenadora esteve ao lado do colegiado docente representado pelas professoras Maridalva Ramos Leite, Bruna Rafaela Leite Dias e Maria Liracy Batista de Souza, além do colegiado discente, por meio dos alunos Evelyn Rafaela Almeida e Ricardo Silva, representantes do Centro Acadêmico de Enfermagem.

A programação contou com a avaliação do desenvolvimento das atividades já realizadas, orientações referentes aos direitos e deveres dos discentes, palestras sobre O Papel do Aluno no Ensino Remoto, proferida pela professoora Maria Liracy Batista de Souza, e uma apresentação sobre Metodologias Ativas, pela convidada do município de Curuçá, professora Veruschka Melo.

Para o representante do Centro Acadêmico de Enfermagem, Ricardo Silva, o Seminário por meio do Forma Pará foi uma boa oportunidade para conhecer o polo do município de Curuçá e observar a realidade dos discentes para entender quais são as principais dificuldades e reinvindicações relacionadas à assistência estudantil, ao ensino e ao contato com os professores. “O evento permitiu fazer um balanço dos dois semestres que tiveram aula de forma remota, além de podermos escutar as expectativas para o próximo semestre que se iniciará de forma híbrida. Portanto, o momento foi de grande importância para nós, pois a Uepa é uma das instituições de ensino superior mais interiorizadas do Pará e a expansão com o programa Forma Pará oportuniza o acolhimento de todo público paraense, tanto da capital quanto do interior”, comentou.

Texto: Daniel Leite Jr (Ascom Uepa)

Fotos: Coordenação do curso de Enfermagem