Uepa é homenageada em sessão especial da Câmara de Belém

 
Sessão especial ocorreu em homenagem aos 30 anos da Uepa.

A Câmara Municipal de Belém realizou, na manhã desta segunda-feira, 4, sessão especial em homenagem aos 30 anos da Universidade do Estado do Pará (Uepa). A iniciativa atendeu ao requerimento do vereador Mauro Freitas, que presidiu a sessão. A universidade completou três décadas no dia 18 de maio, mas tem recebido homenagens ao longo de todo este ano.

Compuseram o dispositivo oficial do evento o reitor da Uepa, Clay Chagas; o pró-reitor de Gestão e Planejamento, Carlos Capela Bispo; o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Jofre Jacob; a pró-reitora de Extensão, Vera Palácios; e o secretário municipal de Habitação de Belém, Rodrigo Moraes.

Na ocasião, o vereador Mauro Freitas afirmou que a Uepa é “admirada por todos, pelo corpo profissional e educativo que tem, mas, principalmente, pelas realizações que tem feito nesses trinta anos”. Ele destacou que a sessão especial é uma homenagem da sociedade, que reconhece a importância da universidade para a promoção da educação no estado. Durante o evento, professores e profissionais do corpo técnico-administrativo receberam diploma, como forma de reconhecimento aos relevantes serviços prestados à universidade e à comunidade.

Em sua fala na tribuna, o reitor da instituição ressaltou a relevância da Uepa ao cumprir um papel essencial, que perdura desde a sua criação: interiorizar a formação superior no Pará. “Foi e continua sendo necessário levar formação a todas as regiões de integração do nosso estado. É preciso que a universidade esteja presente onde está a população, onde é necessário formar. Hoje, a instituição tem 23 campi espalhados em todo o Pará e já estamos iniciando o processo para a criação de mais três novos campi da universidade”, afirmou.

O gestor agradeceu pela realização da sessão especial. “Agradeço ao vereador Mauro Freitas, que propôs essa homenagem. Para a gente, é extremamente importante esse reconhecimento do poder legislativo. Agradeço também ao nosso governador do Estado, Helder Barbalho, e à vice-governadora, Hana Ghassan, que vêm sendo atuantes e fortes na ação junto à Uepa. Nosso papel é cada vez mais levar ensino, pesquisa e extensão à sociedade paraense”.

Origem
Criada em 18 de maio de 1993, a Uepa resulta da fusão das faculdades estaduais de Enfermagem, Medicina, Educação Física e Educação, por meio da Lei Estadual nº 5.747. Desde então, desenvolve iniciativas nas áreas da saúde, educação e tecnologia. Atualmente, a universidade conta com campi na capital e nos municípios de Paragominas, Conceição do Araguaia, Marabá, Altamira, Igarapé-Açu, São Miguel do Guamá, Santarém, Tucuruí, Moju, Redenção, Barcarena, Vigia, Cametá, Salvaterra, Castanhal e Bragança. Ainda neste mês, serão entregues os campi de Parauapebas e Ananindeua.


Texto: Monique Hadad (Ascom Uepa)

Fotos: Marcelo Rodrigues (Ascom Uepa)